sexta-feira, 8 de maio de 2009

Quem é Deus?


Texto Base: Salmo 46

Este Salmo faz uma apresentação Majestosa de Deus: Ele é refúgio, fortaleza e socorro bem presente na tribulação; é utilizado por demasia nas situações de desespero e crises, mas será que são apenas essas as características de Deus: refúgio ou bom conselheiro? O que é que Deus representa para nossas vidas?

O homem, mediante a tudo o que acontece, é um ser frágil. Doenças assolam o globo constantemente, crises financeiras que derrubam nações; em face disso tudo, só podemos dizer que a espécie humana é limitadíssima! Essa fragilidade não tem vacina, tira-nos a prepotência e exalta a Majestade de Deus.

Ao lermos o Salmo 46:1 – “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações.” – notamos que o verbo está conjugado no tempo presente, indicando que Ele É, hoje, nosso refúgio, fortaleza e socorro. Este Salmo aponta Deus para um lugar que se corrermos para lá; Deus estará também!

Todas as coisas foram feitas por intermédio Dele e sem Ele, nada do que foi feito se fez. Deus é Soberano! O Soberano Deus se revela na pessoa de Jesus, como já O fez muitas vezes no Antigo Testamento, mostrando-nos que pode fazer o mar se abrir, a água sair da rocha, e tantas coisas; afinal, Ele é o “Eu Sou”. No Novo Testamento, o mesmo “Eu Sou” faz com que a tempestade se acalme e os ventos cessem e faz-nos lembrar: “Até quando estarei convosco e sofrereis?” Basta uma simples palavras do Mestre dos mestres que tudo se faz calmo, a ponto dos discípulos de Jesus se perguntarem: “Quem é este que até os ventos e o mar O obedecem”.

Deus é Onipotente; Ele tem poder sobre tudo e todos. Deus não é Deus pelo que Ele faz, mas pelo que Ele é: O Senhor dos Exércitos! Ele é o nosso refúgio em tempo presente. Louvado seja o Nome Dele. Assim como a sombra é quase imperceptível, intangível e muitas vezes, não a vemos; também é nosso Deus – na Sua sombra encontramos descanso, mesmo que muitas vezes não a vemos.

Majestoso, Soberano e Onipotente – Deus está sempre no controle! Além dessas características, Ele também nos diz que é Onipresente, sempre conosco em todas as situações que passarmos, quer sejam em tempo de bonança ou de crise. Há uma cidade na qual se encontra alegria, a cidade de nosso Deus, e essa cidade é o nosso coração contrito e arrependido – E a vontade Dele é fazer morada nele.

Assim como diz um velho hino: “Chuvas de bênçãos teremos, chuvas de bênçãos dos céus. Nações bramam, povos tremem, mas o Deus a quem servimos jamais se abala. Pode a economia não ir tão bem assim ou o “porco espirrar”, Deus continua sendo o mesmo eternamente, conhecedor de todas as coisas antes mesmo de a conhecermos. Tudo está no controle das Suas mãos! Que Deus te abençoe.


(Montagem feita a partir do sermão pregado dia 03/05/2009, domingo de manhã, pelo Pr. L Aguiar Valvassoura, na Igreja do Nazareno Central de Campinas, anotado por Lucas Tognolo)

(L. Aguiar Valvassoura, Pastor da Igreja do Nazareno Central de Campinas, SP, é preletor e conferencista em vários congressos e seminários nacionais e internacionais, bacharel em teologia pela Faculdade Teológica Nazarena de Campinas – Brasil, doutor Honoris Causa pela Universidade Nazarena de Point Loma – EUA, é criador do Colégio Jaime Kratz e da Associação Nazarena Assistencial que atende hoje cerca de 310 crianças e é fundador do Ministério Mãos Estendidas)