sábado, 7 de novembro de 2009

“Ficai em Jerusalém até que do Alto recebais poder”


Texto Base: Atos 2:1,4

Jesus foi preso, humilhado, ressuscitou ao terceiro dia, apareceu aos Seus discípulos e deixou uma ordenança a cerca de 500 pessoas reunidas: “Ficai em Jerusalém até que do Alto recebais poder”. Deus tem um plano para cada um dos Seus filhos e através deles.

Interessante notar que das cerca de 500 pessoas que receberam a ordenança, apenas 120 estavam celebrando o Pentecostes. É importante estar sempre vigiando para que o ladrão não venha e roube a coroa! Deus tem para cada um de nós um tesouro guardado nos céus, nos deu a Sua intimidade e nos mostrou um mundo a ser alcançado! Há muito que fazer, mas devemos nos guardar para que não percamos a nossa coroa, aquilo que o Senhor tem para nós.

Alguns pontos importantes que podemos aprender com o episódio da festa de Pentecostes:

1 – Os que estavam presentes tinham uma só visão, uma só fé e um só propósito: Buscar o Senhor Jesus. Precisamos ser um corpo mantido em um propósito único de servir a Jesus, único Senhor e Salvador, a fim de que almas sejam alcançadas pela Sua graça.

2 – Os ouvidos dos presentes estavam sensíveis ao que Deus queria falar com eles. Foi de repente que se ouviu um som! Se mantivermos nossos ouvidos inclinados a Jesus não estaremos limitados a circunstâncias contrárias; poderemos vivenciá-las, mas serão passageiras.

3- Os olhos de cada pessoa estão voltados para o Fogo que vem Deus. Línguas como de fogo desceram sobre todos e ficaram cheios do Espírito Santo! Esse Fogo serve para purificar e fortalecer o espírito. Não podemos alimentar a carne, mas olhar somente para o Fogo que vem de Deus para resistir ao dia mal, como diria uma musiquinha: “Cuidado olhinho o que vê, cuidado mãozinha o que pega (...)”. Que possamos trazer à memória, constantemente, as palavras de Paulo aos filipenses: “Jovens, eu vos escrevi porque sois FORTES”. Fogo sobre a nossa cabeça significa ter a nossa consciência liberta do domínio das trevas e passar a ter a mente de Cristo!

4- O Espírito Santo desceu sobre todos e os capacitou a fim de que eles falassem das maravilhas de Deus e fossem testemunhas dEle! Quando o Espírito do Senhor desce sobre nossas vidas, deixamos de viver para nós mesmo e passamos a viver por Ele. Paulo mesmo relatou isso dizendo que já não era ele mais que vivia, mas o Espírito que vivia por Ele. Precisamos desejar essa plenitude do Espírito Santo para irmos além dos nossos limites e alcançar almas para Jesus!

Hoje, já não há mais condenação para todos os que estão em Cristo, glória a Ele! Que possamos ter isso em mente e deixar que o Espírito Santo faça uma obra linda em nós e através de nós para impactarmos a nossa geração com o Evangelho de Jesus. Deus abençoe a todos.

(Pr. Bruno Brito – sermão ministrado no reencontro do acampamento Conexão, ministério da JNI-Central, 06/11/09)