sexta-feira, 15 de maio de 2009

Esperando contra toda Esperança


Texto Base: Romanos 4: 13,25

Nos dias modernos temos encarado um tempo de crise por todos os segmentos da sociedade – família, relacionamentos, economia, profissão. É difícil encarar lutas diárias, principalmente, ao saber que o amanhã também promete mais lutas. Todos nós temos lutas e há dias que parecem que as vinte e quatro horas são eternas.

O texto lido como referência nos ajuda muito ao mencionar uma ferramenta disponível a todos nós; uma ferramenta que não depende das circunstâncias que tivemos ou não, mas unicamente do interesse de Deus nas nossas vidas. Não é pela Lei que somos candidatos às promessas de Deus, mas pela Justiça da Fé – é ela que nos ajuda a enfrentar situações que não conseguiríamos por conta própria.

O que faz a diferença na vida de uma pessoa é o que ela crê; é a atitude dela em como se achegar diante de Deus, pela graça que lhe foi concedida. Abraão não foi abençoado pela Lei, mas pela Fé! Ele foi um homem disposto a crer naquilo que Deus tinha proposto a fazer por ele, e nisso, a graça de Deus se fez manifesta na vida dele. Deus tem todo o poder de fazer algo extraordinário acontecer em nossas vidas, se tão somente, crermos. Tudo o que crermos na Palavra, com o nosso coração, estará disponível para nossas vidas, através de Jesus Cristo!

A promessa de Deus para nossas vidas vai além do que possamos imaginar; muito mais que nossos corações possam sentir - é algo indescritível. Abraão creu que Deus podia chamar à existência as coisas que não existem, afinal Deus é o Criador – tudo se formou pelas Suas mãos; a terra era sem forma e vazia, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas e com uma simples palavra, tudo Ele chamou a existência. O mesmo Deus do Gênesis também opera nos dias de hoje e pode com uma simples palavra chamar para nossas vidas aquilo que nós precisamos: paz, amor, harmonia, saúde – O Evangelho de Jesus Cristo traz esperança ao coração do homem.

Abraão esperou contra toda esperança; esperança que às vezes traz confusão para a nossa vida, porque o tempo passa – os anos se vão – e não vemos nada acontecer. Se soubermos esperar em Deus, crendo, mesmo que contra toda esperança, veremos coisas maiores e melhores acontecer para nossas vidas – No caso de Abraão, ele teve uma descendência maior que as estrelas do céu – isso porque Deus é Deus!

A espera, muitas vezes, tem o poder de nos enfraquecer. Assim como Abraão, precisamos lembrar-nos do que Deus nos falou e trazer à nossa memória somente aquilo que nos dá esperança, ânimo e expectativa. As situações à nossa volta passam, mas a Palavra de Deus não pode passar – afinal, Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que não possa cumprir aquilo que tem separado para aqueles que O amam. Que possamos hoje, aprender a olhar para o amor que Deus tem por nós e não para as circunstâncias que nos rodeiam, como diz uma música: “Não olho as circunstâncias – não, não, não; olho o Seu Amor, Seu grande Amor! Não me guio por vistas, alegre estou.” Deus é fiel e cumprirá tudo o que Ele sonhou para nossas vidas.

Pela fé, Abraão se fortaleceu. Devemos continuar nossa caminhada na certeza de que no tempo certo, a vitória chegará. Podemos até nos sentir fracos, mas não podemos desistir e duvidar do que Deus é capaz de fazer. Deus pode todas as coisas e no final, Ele nos levantará do pó. Não importa o que outros possam dizer, Deus hoje nos diz algo – Ele não se esquece de você e de mim e se importa com nossas vidas – fiquemos firmes no Senhor, Nele há esperança. Que Deus nos abençoe.

(Montagem feita a partir do sermão pregado dia 10/05/2009, domingo à noite, na “Comunidade da Esperança” – Campus II da Igreja do Nazareno Central de Campinas - pelo Pr. Flávio Valvassoura, anotado por Lucas Tognolo)

(Fávio R. Valvassoura é pastor da Igreja do Nazareno Central de Campinas, formado pelo Seminário Teológico Nazareno e também pelo Beeson Institute do Asbury Theological Seminary, EUA, com especialização em Pregação Bíblica e Liderança Eclesiástica, é coordenador nacional e sul-americano de treinamento e capacitação de líderes. Membro da Junta Geral. Doutor em Ministério pelo Asbury Theological Seminary, Wilmore, KY,EUA. Desenvolveu ministério como pastor na Igreja do Nazareno Ebenézer – Campinas, SP e na Igreja do Nazareno Brasileira – Nova York, EUA. Atua na equipe pastoral da Igreja do Nazareno Central desde 2005.)