quinta-feira, 27 de maio de 2010


Texto Base: I Reis 19:1,6

Será que você já enfrentou dias difíceis, daqueles que tudo parecia ir muito bem até que uma notícia vem e muda o rumo das coisas? Se a resposta foi positiva, saiba que você não é o único, com Elias também houve um momento no qual ele sentiu o mesmo sentimento. No momento em que o povo fazia aquilo que desagradava a Deus, Elias foi levantado para restaurar o altar do Senhor – e ele conseguiu derrotar os profetas de Baal, viu fogo cair do céu, orou e a chuva desceu, porém, de repente as coisas mudaram para o lado dele quando uma notícia terrível veio.

Todos nós nascemos em pecado e destituídos estamos da glória de Deus até que um dia ouvimos a Palavra, começamos a fazer o que é certo e restauramos o Altar do Senhor sobre nossas vidas, marcando “um novo tempo” para a nossa caminhada. Porém, uma notícia desastrosa vem sobre nós!

É interessante notar como uma notícia ruim – diagnóstico contrário, divórcio, desemprego, uma mensagem que muda o rumo da nossa vida – tem a capacidade de mudar o rumo da nossa história, fazendo com que nós, muitas vezes, procuramos “cavernas” para nos esconder.

Elias foi um homem sujeito aos mesmos sentimentos que nós, cheio de ânimo e envolvimento com a Obra, porém se abateu diante de algo desastroso e temeu de tal forma que se esqueceu do que Deus já tinha feito, de como Deus tinha se levantado em seu favor contra os profetas de Baal.

O medo tem o poder de paralisar o ser humano; é como um veneno que paralisa a alma e gera pavor dentro de cada um. De acordo com Provérbios 3:25, não precisamos temer o pavor repentino – a morte, a ameaça às nossas famílias.

A atitude de Elias para se salvar mediante o medo que tomara conta dele foi de fugir. Há coisas que não temos coragem de encarar e, na maioria das vezes, o mais fácil é fugir. Elias foge para o deserto, assenta-se em baixo de uma árvore e deseja a própria morte: “Basta, chega, não vale a pena continuar” – sentimentos como esses de murmurações começaram a vir.

Em nossos dias, talvez existam muitos que se encontram como Elias “sentados em baixo de uma árvore”, murmurando e pedindo a Deus que os leve embora – reação normal a todos que se encontram sob uma notícia desagradável!

O que fazer então quando uma noticia que não esperamos, contrária ao que desejamos, chega?

(1) Deitar e Durmir – Há coisas que só se resolvem depois da cabeça estar descansada. Decisões não devem ser tomadas precipitadamente! Foi enquanto Elias dormia que um Anjo do céu veio a ele com uma palavra boa, assim como está escrito: “Aos seus amados, Ele dá enquanto dormem”.

(2) Levantar e Comer – Elias encontrava-se em um quadro de depressão profunda, além do isolamento, desejava se abster do alimento, desejando a própria morte. Nada vai mudar se nós nos isolarmos e fizermos greve de fome, como se o “mundo” tivesse acabado! Somente nós mesmos é que temos a capacidade de decidir nos curvar ou nos fortalecer diante de uma tragédia.

(3) Buscar a Deus – O Deus a quem servimos é o Deus da “segunda chance”, cheio de graça e misericórdia para os que O buscam. Ele vai até a “caverna” onde Elias estava e o visita! Elias, resmungando perante Deus, não via nada positivo, porém Deus lhe trouxe à memória o seu chamado – ainda havia muito a fazer através dele. É tempo de nós recobrarmos o nosso ânimo e lembrarmos de que Deus ainda não terminou a boa obra em nós – Ele quer nos ajudar a prosseguir, mesmo diante das afrontas.

Não somos daqueles que retrocedem, mas dos que avançam, vivemos pela fé e estamos de baixo do sangue do cordeiro E se não vivermos na prática do pecado, o maligno não nos toca! Deus quer fazer hoje um caminho em meio ao deserto e nos ajudar.

(4) Voltar a fazer aquilo que Deus nos chamou para fazer – Não podemos recuar, mas continuar prosseguindo certos de que o final será bem melhor.

Talvez hoje estejamos vivendo em uma caverna, fugindo com medo do que possa nos acontecer. É tempo de sairmos, recomeçar na certeza de que há algo melhor de Deus para nossas vidas! Precisamos voltar ao nosso caminho, lembrando que Deus é Emanuel, conosco nos altos montes e nos profundos vales, e Ele nos ajudará em toda e quaisquer situações!

Deus abençoe a todos.


(Sermão pregado dia 26/05/2009 na “Comunidade da Esperança”, templo do Jubileu, Igreja do Nazareno Central de Campinas pelo Pr. Flávio Valvassoura, anotado por Lucas Tognolo)

(Fávio R. Valvassoura é pastor da Igreja do Nazareno Central de Campinas, formado pelo Seminário Teológico Nazareno e também pelo Beeson Institute do Asbury Theological Seminary, EUA, com especialização em Pregação Bíblica e Liderança Eclesiástica, é coordenador nacional e sul-americano de treinamento e capacitação de líderes. Membro da Junta Geral. Doutor em Ministério pelo Asbury Theological Seminary, Wilmore, KY,EUA. Desenvolveu ministério como pastor na Igreja do Nazareno Ebenézer – Campinas, SP e na Igreja do Nazareno Brasileira – Nova York, EUA. Atua na equipe pastoral da Igreja do Nazareno Central desde 2005.)