quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Nascimento de Jesus


Texto Base: Lucas 1:26,38


Maria foi uma mulher normal como as demais de sua época; virgem, desposada de José e nela foi achada favor diante de Deus. Certo dia teve um encontro com o anjo Gabriel que lhe trouxe uma mensagem de suma importância: “Alegra-te, muito favorecida! (...) Porque achastes graça diante de Deus”.

A mensagem trazida pelo anjo significa que Maria havia sido escolhida para algo fora do comum; ela daria a luz a um filho (sendo desposada de José e virgem) e lhe poria o nome de Jesus (dentre todos os significados, representava ser o Salvador).

E o anjo continua sua mensagem descrevendo quem seria esse Jesus, menino que nasceria de uma virgem, dizendo que esse seria Grande, filho do Altíssimo. A pessoa de Jesus causaria um impacto em todos os seres humanos e seria alguém de máxima autoridade, ou seja, ninguém haveria acima dEle, pois aquele que é o Filho de Deus é também o próprio Deus.

Após receber a mensagem do anjo Maria tinha uma dúvida: “Mas como será isso?” E o anjo lhe respondeu: “O Espírito Santo descerá sobre ti e o Poder do Altíssimo te envolverá”.

Deus pode gerar algo no ventre de uma mulher pelo Seu poder criativo. Não há limites para Ele!

O ser humano foi criado para ser servo, mas o contexto em que vive não se assemelha com isso: aspira-se a coisas grandes! Porém no texto, aprendemos com Maria uma lição importante se quisermos ser considerado muitos favorecidos por Deus, que é reconhecermos nossa condição de servo e deixarmos Deus fazer a Sua vontade em nossas vidas, afinal ela é sempre boa, perfeita e agradável!


Que Deus abençoe a todos!!!

(Pr. Ernesto – sermão ministrado na Igreja do Nazareno Central de Campinas, domingo às 20:00, 06/12/2009)