domingo, 18 de maio de 2008

Jesus está voltando!


Textos Bases: II Pedro 3: 1-13 ; Lucas 21; 29-36

Hoje em dia o tema “Família” vem sendo tratado de muitas formas. Conforme vimos a algumas semanas atrás no “Globo Repórter”, a família do futuro é encarada com sendo um mosaico, um composto de diversos fragmentos; também foi tratada com sendo um casal de homossexuais com filho adotado. Nos tempos modernos, tem-se perdido a real definição de “Família”. Conforme lemos em Mateus 24:12, “E por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos se esfriará, aquele que perseverá ato o fim será salvo.”


A carta de Pedro foi escrita no fim do 1º. Século, período no qual se pregava com iminência a Volta do Senhor Jesus. Era parte da cultura da Igreja Primitiva pregar o desapego à coisas materiais, conforme lemos no livro de Atos. Embora, temos proporcionalmente, muitos cristãos hoje; perdeu-se essa preocupação com a Volta de Cristo como era na Igreja Primitiva. Antes, os cristãos saudavam-se uns aos outros com um “Maranata”, que significa: Ora vem Senhor Jesus. Hoje, por comodismo, parou-se de pregar sobre a Volta de Cristo para se pregar mais sobre a teologia do “Aqui e Agora”, na qual busca-se mais bênçãos e prosperidade.


Atualmente, podemos observar alguns pontos que nos fazem-nos pensar sobre a Volta de Cristo:

1º. Ponto) “A natureza geme esperando a manifestação de DEUS!”

Nunca houve um momento na historia do planeta Terra em que os elementos abrasados estão sendo desfeitos.

2º. Ponto) Iniquidade

Quando DEUS olhou para a geração de Noé e se arrependeu de ter criado o homem Ele destruiu a Terra com água. O que será que esse mesmo DEUS pensa de nossa geração ao ver tamanha iniqüidade nos nossos dias?

DEUS viu Sodoma e Gomorra e os destruiu com fogo, tamanha era a homossexualidade e imoralidade que circulava entre o povo. O que será que esse mesmo DEUS faria conosco hoje?

A Bíblia nos ensina que quando estas coisas começassem a acontecer estaria na hora de começarmos a preparar nossa bagagem porque o Rei está voltando.


Aqui falaremos sobre algumas coisas das quais devemos nos preocupar acerca da Volta de Cristo:

1ª. Coisa) ACAUTELAI-VOS

Diante das circunstâncias ao nosso redor, devemos tomar CUIDADO:

a. CUIDADO com nós mesmos: o que lemos determina o que pensamos, o que pensamos determina o que fazemos e o que fazemos determina o que somos. O que será estamos lendo? Devemos tomar CUIDADO com nós mesmos.

b.CUIDADO com o que nós vemos: nossos olhos são a luz do que vemos. O que nós andamos vendo na televisão? O que nós pagamos para ver ao irmos a vídeo-locadoras? O que entra pelos nosso olhos vai para o nosso cérebro e forma os nossos hábitos. Cuidado com o que vemos.

c.CUIDADO para onde estamos indo. Que lugares nós estamos freqüentando? As Escrituras nos ensinam que todas as coisas nos são lícitas, mas nem todas nos convêm. Cuidado com o tipo de ambiente onde pisamos e com o que tipo de pessoas que andamos.

Como Cristãos devemos ser cada vez mais seletivos, crendo somente no que diz as Escrituras, e assim, continuar crescendo na graça e no conhecimento do Senhor Jesus Cristo. Os dias são maus, os gigantes são muitos, mas aquele que está de pé CUIDE-SE para que não caia. Nós não somos deste mundo, somos peregrinos e forasteiros; nosso nome deve estar escrito no Livro da Vida!

2ª. Coisa) VIGIAR E ORAR

Devemos começar a vigiar a nós mesmos. Precisamos nos resguardar desse mundo. Quanto tempo nós temos gastado por dia com as coisas de Deus? Talvez muito. Mas quanto tempo nós temos gastado por dia com Deus?

Deus não está preocupado com a OBRA, mas sim, com o OBREIRO. Temos que nos guardar para mantermos nossa força, nossa fé. Precisamos vigiar e orar para não cairmos.

3ª. Coisa) PREOCUPAÇÃO COM AS COISAS DESTE MUNDO

Como lemos no verso 34 do texto de Lucas 21 que não devemos ficar preocupados com as coisas deste mundo. No verso 38, Lucas diz vigiai a TODO tempo, orando para que possamos escapar (nos arrebatar) de TODAS as coisas que irão nos suceder para estarmos em PÉ diante do Filho do Homem.

Estar em pé é um ato de prontidão, não se envolver com os negócios deste mundo, aguardando a Vinda do Filho do Homem.

(Esboço do sermão pregado dia 11/05/2008, domingo pela noite, na Igreja do Nazareno Central de Campinas pelo Pr. Aguiar, anotado por Lucas Tognolo)


(L. Aguiar Valvassoura, Pastor da Igreja do Nazareno Central de Campinas, SP, é preletor e conferencista em vários congressos e seminários nacionais e internacionais, bacharel em teologia pela Faculdade Teológica Nazarena de Campinas – Brasil, doutor Honoris Causa pela Universidade Nazarena de Point Loma – EUA, é criador do Colégio Jaime Kratz e da Associação Nazarena Assistencial que atende hoje cerca de 310 crianças e fundador do Ministério Mãos Estendidas)